Erro
  • Erro ao carregar dados do sinal web.

AGAL sai em defesa do uso do reintegrado no Concelho de Compostela

AGAL sai em defesa do uso do reintegrado no Concelho de Compostela

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar
no Facebook Compartilhar
no DoMelhor

Susana Arins - AGAL Opina

O jornal compostelano El Correo Gallego publicou umha notícia no passado fim-de-semana denunciando o uso do galego «lusista» por parte da equipa do Concelho de Santiago para convocar umha reuniom dos porta-vozes dos grupos políticos representados na Cámara Municipal. A crítica provocou a reaçom da Associaçom Galega da Língua (AGAL) em favor do uso do galego por parte dos trabalhadores e trabalhadoras desta instituiçom, seja qual for o padrom utilizado.

Num vídeo de perto de dous minutos, a vogal do Conselho da AGAL e escritora Susana Arins, acha «chocante» que umha entidade que praticamente nom usa a nossa língua, em referência ao jornal, critique o uso do galego de outra que sim o fai, lembrando que esse meio de comunicaçom recebe mais subsídios para o uso do galego que todo o reintegracionismo junto.

Susana Arins lembra também que nom existe nengumha lei que impida o uso de um determinado padrom concreto para a língua por parte das instituiçons e parabeniza o Concelho «por respeitar as escolhas lingüísticas das suas trabalhadoras e normalizar o uso desses padrons na atividade diária». Finalmente, a escritora pergunta-se se «dificultará o diálogo» o facto de que alguém escreva porta-vozes em troca de portavoces.

AGAL Opina

Com este vídeo, a AGAL começa umha série de opinions sob a chancela «AGAL Opina», que estará especialmente atenta à atualidade lingüística e cultural da Galiza e que poderá ser seguida no canal da Através Produtora no Youtube.

 

Actualidade da Língua no PGL

  • Mordida - 0,00 €
    thumb

    A comida é o espaço em que se encontram o mercado e as tripas. Eugénio Outeiro reflecte sobre esta realidade no que é o seu segundo...

  • Abadessa, oí dizer - 10,00 €
    thumb

    Relatos eróticos de escritoras da Galiza.

    Autoras: Carmen Blanco, María Lado, Verónica Martínez, Raquel Miragaia, Teresa Moure, Emma Pedreira, Isabel Rei Samartim, Susana Sánchez Arins,...

  • O futuro é para sempre - 16,00 €
    thumb

    O futuro é para sempre. Experiência, expectativa e práticas possíveis tem por objectivo principal partir em busca de práticas possíveis, a partir das...