Começam os trabalhos do Dicionário Audiovisual Galego

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar
no Facebook Compartilhar
no DoMelhor
casalinho

Como foi anunciado na última assembleia, a AGAL está a desenvolver um projeto chamado Dicionário Audiovisual Galego – SOS Galego-português, dirigido por João Aveledo e Alva Pico. O objetivo é criar um site com funcionalidade de Sistema de Informaçom Geográfica, que permita geolocalizar sobre um mapa interativo a pluralidade de fenómenos dialetais da língua galega, estruturados por categorias para facilitar a procura de informaçom. Como AGAL, estamos interessadas em fazer particular incidência na recolha daqueles fenómenos que nos aproximam do resto da Lusofonia e que... serám filmados em vídeo. As informações também poderám ser registadas em áudio, imagem, ou por escrito após a aplicaçom de um protocolo de validaçom.

casalinho

Este site estará vinculado à recuperaçom e atualizaçom do velho Topogal (um velho anseio no mundo reintegracionista), já que a informaçom dialetal irá ligada a cada topónimo, que figurará sobre um mapa, para além de a umhas coordenadas geográficas. Este mapa funcionará a diferentes escalas de aproximaçom e também permitirá a incorporaçom de informaçom microtoponímica. O objetivo é criarmos um site colaborativo que vaia acrescentando a sua informaçom mediante a participaçom de todas as pessoas interessadas neste campo.

Dada a magnitude da área de trabalho, a AGAL nom pretende preencher a página web por si própria, com todas as manifestações produzidas pola língua, mas oferecer um espaço cooperativo à sociedade e ajudar e orientar nesse preenchimento coletivo. Assim, para começarmos a ter conteúdos, e também para guiar as futuras pessoas utentes do site, iniciaremos umha série de excursões de um dia ou de um fim de semana dedicadas ao registo dos fenómenos dialetais, em que iremos filmando diversas zonas da Galiza até conseguirmos cobrir umha parte significativa do território. Todas as excursões começariam com um pequeno workshop de filmagem em que também se forneceriam informações dialetais. Depois destes trabalhos de campo, eventualmente, as equipas de filmagem juntariam-se para ver o material gravado e trocar impressões, no próprio dia ou noutro, antes de começar o processo de montagem e divulgaçom dos vídeos no site.

Para além do objetivo mais evidente e imediato (deixar registo audiovisual de fenómenos que nos vinculam à Lusofonia em vias de desapariçom) haveria um segundo propósito neste projeto, tam importante como o primeiro: vincular o reintegracionismo à recuperaçom do património comum dumha forma colaborativa e aberta a todas as pessoas. Pensemos que o leque das pessoas destinatárias últimas pode ir desde especialistas em lexicologia até professorado e alunas e alunos do ensino secundário que tiverem interesse num projeto educativo de recolha do seu património cultural local. Para além disto, este futuro projeto web da AGAL está inspirado na filosofia Open Data e, mantendo sempre a sua autonomia, visa estreitar a relação e o intercâmbio de dados com todos aqueles outros projetos web do universo colaborativo galego-português.

PRIMEIRA SAÍDA: CARVALHO.

primeira excursom será no dia 11 de março e a sua organizaçom conta com a colaboraçom do Serviço de Normalizaçom Linguística (SNL) do Concelho de Carvalho. Percorreremos este concelho e outros da comarca de Bergantinhos. Combinaremos na Biblioteca Rego da Balsa (rua Buenos Aires s/n) de Carvalho às 9h45 para realizar umha pequena formaçom (workshop de gravaçom) e organizar as equipas de filmagem que percorreriam as paróquias em carros particulares.

primeira excursom será no dia 11 de março e a sua organizaçom conta com a colaboraçom do Serviço de Normalizaçom Linguística (SNL) do Concelho de Carvalho e a associaçom Senda Nova. Percorreremos este concelho e outros da comarca de Bergantinhos.

Se estiveres interessada ou interessado em participar ou receber informações, põe-te já em contacto com  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  (Eduardo). Nom é preciso levares câmara de vídeo ou qualquer outro dispositivo de gravaçom (telemóvel, tablets…), ainda que eles também sejam bem-vindos se tiveres.

 

O post Começam os trabalhos do Dicionário Audiovisual Galego aparece primeiro no Portal Galego da Língua - PGL.gal.

Actualidade da Língua no PGL

  • O Modelo Lexical Galego - 0,00 €
    thumb

    Manual elaborado pola Comissom Linguística da AGAL que recolhe os fundamentos da codificaçom lexical para o galego-português da Galiza.

  • Bolcheviques 1917-2017 - 15,00 €
    thumb

    Este livro pretende ser o contributo galego para a necessária revisão da Revolução Bolchevique; uma maneira de participar no território da Galiza na voragem, se...

  • O penálti de Djukić - 10,00 €
    thumb

    Dous professores, um lisboeta e outro galego-madrileno, são seguidores da mesma equipa: o Desportivo da Corunha. Através da sua correspondência passam a história do Desportivo,...