Associaçom Galega da Língua

Pessoas ganhadoras do sorteio de bilhetes para ‘O Mandarim’

Na fanpage da AGAL e o PGL no Facebook sorteárom-se já os bilhetes para assitir de graça à quarta peça do ciclo de teatro lusófono que entre janeiro e maio decorrerá em Santiago de Compostela. Os usuários e usuárias de Facebook Saul Santim, Raul Rios, Álvaro Ordóñez, Susana S. Arins e Tere Vázquez poderám assistir de graça à encenaçom de O Mandarim, na quinta-feira, dia 9 de abril, às 20h30.

O Mandarim é umha peça de sabor oriental do clássico Eça de Queiroz, levada à cena pola Companhia de Teatro de Almada, a qual estreou esta produçom em novembro do ano passado e esgotou as 15 sessões que ao longo desse mês se realizárom. A encenaçom agora em Compostela é umha produçom fruto da linha estratégica do CDG de colaboraçom com companhias de teatro portuguesas.

Descontos para sócios/as da AGAL e sorteio

As sócias e sócios da da AGAL poderám já desfrutar de um preço especial de 3 € graças ao acordo assinado entre a associaçom e a o CDG para a promoçom deste programa de teatro galego e português. Pata terem o bilhete reservado a preço especial, deverám escrever a Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar antes do dia da funçom às 15:00h, indicando o seu nome e apelidos.

COMPANHIA DE TEATRO DE ALMADA: O Mandarim

  •  Autoria: Eça de Queiroz
  • Direçom e dramaturgia: Teresa Gafeira
  • Elenco: André Alves, Catarina Campos Costa, Celestino Silva, João Farraia, Maria Frade, Pedro Walter
  • Dramaturgia: Pedro Proença e Teresa Gafeira
  • Cenografia e vestiario: Ana Paula Rocha
  • Projeções: Pedro Proença
  • Iluminaçom: José Carlos Nascimento
  • Duraçom: 60 minutos
  • 9 de abril, 20.30
  • Salón Teatro

O post Pessoas ganhadoras do sorteio de bilhetes para ‘O Mandarim’ aparece primeiro no Portal Galego da Língua - PGL.gal.

 
 

Companhia de Teatro de Almada: ‘O Mandarim’

A 9 de abril volta o teatro português a Compostela, com um peça de sabor oriental do clássico de Eça de Queiroz: O Mandarim. A companhia de Teatro de Almada estreou esta produçom em novembro do ano passado e esgotou as 15 sessões que ao longo desse mês se realizárom. A encenaçom agora em Compostela é umha produçom fruto da linha estratégica do CDG de colaboraçom com companhias de teatro portuguesas.

A obra

Ficámos a conhecer a história de Teodoro, o amanuense do Ministério do Reino que vê na morte de um mandarim decrépito a oportunidade de satisfazer as ambições burguesas que alimenta. O Diabo tenta-o: para matar Ti Chin-Fu basta tocar a campainha, “como quem chama um criado” e sem que uma gota de sangue suje vergonhosamente os punhos da camisa. Tentado pelas ambições burguesas que há muito alimentava, Teodoro porá fim à vida de Ti-Chin-Fu, herdando a sua imensa fortuna. Mas a esperada felicidade tarda em chegar, já que o jovem amence vivo atormentado, ora pela consciência, ora pelo fantasma do morrido. Uma viagem pelo Oriente parece ser a única solução. O que se prepara para viver está longe da existência despreocupada e opulenta com que sonha.

Descontos para sócios/as da AGAL e sorteio

As sócias e sócios da da AGAL poderám já desfrutar de um preço especial de 3 € graças ao acordo assinado entre a associaçom e a o CDG para a promoçom deste programa de teatro galego e português. Pata terem o bilhete reservado a preço especial, deverám escrever a Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar antes do dia da funçom às 15:00h, indicando o seu nome e apelidos. Além, da fanpage da AGAL e o PGL no Facebook serám sorteados 5 bilhetes para assistir gratuitamente a esta obra.

O autor

Eça de Queiroz (1845-1900) é um dos maiores romancistas da literatura na nossa língua. Para além de escritor, foi jornalista e diplomata, tendo sido cônsul na Havana, Newcastle, Bristol e Paris. Na sua obra distinguem-se três fases: a primeira, de influência romântica (até 1870, com O mistério da estrada de Sintra), a segunda, de afirmaçom do Realismo (1871-1880), e a terceira, aberta ao experimentalismo e à conciliaçom de influências diversas (nomeadamente com A cidade e as serras, publicada postumamente em 1901). O Mandarim (1880) integra atualmente o Plano Nacional de Leitura como obra recomendada para o 9.º ano de escolaridade.

COMPANHIA DE TEATRO DE ALMADA: O Mandarim

  •  Autoria: Eça de Queiroz
  • Direçom e dramaturgia: Teresa Gafeira
  • Elenco: André Alves, Catarina Campos Costa, Celestino Silva, João Farraia, Maria Frade, Pedro Walter
  • Dramaturgia: Pedro Proença e Teresa Gafeira
  • Cenografia e vestiario: Ana Paula Rocha
  • Projeções: Pedro Proença
  • Iluminaçom: José Carlos Nascimento
  • Duraçom: 60 minutos
  • 9 de abril, 20.30
  • Salón Teatro

O post Companhia de Teatro de Almada: ‘O Mandarim’ aparece primeiro no Portal Galego da Língua - PGL.gal.

 
 

Assembleia geral da AGAL a 11 de abril

O presidente do Conselho da AGAL, nos termos legais e estatutários, notificou a convocatória de Assembleia Geral para o vindouro 11 de abril (sábado). Será às 11h00 em primeira convocatória e 11h30 horas na segunda. Decorrerá no Museu do Povo Galego em Santiago de Compostela.

ORDEM DO DIA:
  • Leitura da ata anterior.
  • Informar da resoluçom do convénio com a Ciranda.
  • Projetos de destaque para 2015: Últimos lançamentos da Através. 5º aniversário da Através. Site de formação anossagalaxia.gal Vídeo ‘Decreto Filgueira’.
  • Apresentaçom e aprovaçom, se proceder, das contas de 2014.
  • Outras questões.

Caso alguém nom poda assistir, pode delegar o seu voto no ponto número 4 da ordem do dia num outro/a sócio/a ou sócia enviando um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar a indicar a pessoa em quem delega. As pessoas presentes na assembleia só podem levar um voto delegado.

 Jantar de convívio

Como é tradiçom, após a assembleia haverá um jantar de convívio. O local ainda nom está determinado, mas quase com certeza será algum restaurante do bairro de Sam Pedro. O preço do jantar será entre 18 e 20€. É preciso reservar com antecedência enviando um correio eletrónico para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar . A data limite para fazer a reserva será 9 de abril. Os lugares nos restaurantes som limitados, polo qual nom é possível garantir a participaçom no jantar às pessoas que nom reservarem.

 

 

O post Assembleia geral da AGAL a 11 de abril aparece primeiro no Portal Galego da Língua - PGL.gal.

 
   

Começa a funcionar a loja on-line da Através Editora

Capa da loja da Através

Capa da loja da Através

Nos últimos meses, a Através Editora, chancela editorial da Associaçom Galega da Língua (AGAL), dedicou boa parte dos seus esforços a alargar a distribuiçom dos seus livros e a facilitar a sua compra por parte de todas as pessoas interessadas. Nesta linha de trabalho, a principal medida foi a criaçom de um clube de leitoras e leitores, o Através Clube, que permite a compra automática de todos os novos livros da editora com um grande desconto (trata-se de umha pré-reserva anterior à impressom), ademais do envio de graça ao domicílio.

Como complemento a esta iniciativa nasce agora a loja on-line da Através Editora, que permitirá a compra de títulos soltos (nom apenas novidades) da editora, um catálogo com já mais de 40 títulos e que continua a crescer mês a mês.

Vantagens para membros da AGAL

Nesta plataforma, os sócios e sócias da AGAL continuam a ter um tratamento preferencial, pois podem comprar todos os trabalhos editados pola Através com os envios grátis dentro do Estado espanhol. Para isto, no momento posterior ao registo e antes de fazer qualquer compra é imprescindível enviar um correio eletrónico para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , indicando o correio com o qual se tramitou a alta como cliente e que se é sócio ou sócia da AGAL. Após receber a confirmaçom por parte da administraçom da loja, a pessoa associada à AGAL poderá fazer as suas compras com total normalidade e desfrutando desta vantagem.

Pagamento fácil

Por enquanto, a loja permite o pagamento mediante transferência bancária à conta da AGAL ou mediante Paypal. Através do Paypal é possível pagar mesmo que nom se tenha umha conta bancária na plataforma, o único necessário é dispor de um cartom de crédito ou débito.

Fase de provas

A loja estará em prova nas primeiras semanas. As possíveis incidências podem-se comunicar ao endereço Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .

O post Começa a funcionar a loja on-line da Através Editora aparece primeiro no Portal Galego da Língua - PGL.gal.

 
 

Carvalho Calero: Alicerce de uma Galiza lusófona

carvalhoA Associaçom Galega da Língua (AGAL) em colaboração com a Biblioteca Pública Anxel Casal organiza 2 atividades nesta semana.

Esta quarta-feira 25 de março, às 18h30, realiza-se a palestra Carvalho Calero: Alicerce de uma Galiza lusófona, sobre a vida e a obra do professor Ricardo Carvalho Calero, coincidindo com o 25º aniversário da sua morte.

A palestra será realizada na sala de atos da Biblioteca e intervirão: José Luís Rodrigues, catedrático de Filologia da Universidade de Santiago de Compostela, antigo aluno e estreito colaborador de Carvalho Calero; Elvira Souto, professora reformada de Didática da Língua e Literatura da Universidade da Corunha, e
Eduardo Sanches Maragoto, professor de português da Escola Oficial de Idiomas de Santiago de Compostela.

criançasPara além desta atividade, no dia a seguir, 26 de março, às 17h30 na Sala Infantil da mesma Biblioteca, decorrerá a atividade Ler contos com diferentes sabores da nossa língua, onde participarão pessoas de Angola, Brasil, Portugal e a Galiza para ler contos dos seus países.

Angola: Sara Vongula
Brasil: Vivian Rangel e Márlio Barcelos
Galiza: Ainda pendente de confirmação
Portugal: Joana Martins

Joana Martins, voluntária do Programa de Voluntariado Cultural da Rede de Bibliotecas de Galiza, finalizará a atividade com um ateliê para as crianças galegas conhecerem melhor o léxico galego-português.

O post Carvalho Calero: Alicerce de uma Galiza lusófona aparece primeiro no Portal Galego da Língua - PGL.gal.

 
 


 

Pág. 1 de 44

Actualidade da Língua no PGL